A importância das dinâmicas de grupo

Muitos processos seletivos contam com dinâmicas de grupo, essas atividades possibilitam responder questões como: o que os participantes pensam, sentam e se comportam diante de determinadas situações. Para demonstrar situações do cotidiano da empresa, onde os candidatos estão sujeitos a elaboração de uma estratégia para executar determinada tarefa ou solucionar algum problema.

Podemos classificar as dinâmicas em cinco tipos diferentes, cada uma com uma finalidade:

Técnica de quebra-gelo

Esse tipo de dinâmica tem a finalidade de diminuir a tensão entre os candidatos, deixando o ambiente mais descontraído, aproximando as pessoas facilitando a interação para um melhor desempenho durante a entrevista.

 

Técnica de apresentação

Facilita a apresentação dos candidatos, fazendo com que a interação entre eles seja maior, ela exige diálogo entre os candidatos, nesse momento os candidatos se expõem falando o que sentem vontade e acham relevante para que o grupo os conheçam. Essa atividade precisa ser desenvolvida com descontração, é indicado que seja breve, quando o grupo for grande, para não ficar cansativo e dispersar os candidatos.

 

Técnica de Integração

Com esse tipo de dinâmica é possível analisar o comportamento dos candidatos individual ou do grupo, por meio de exercícios específicos, que permitem analisar aspectos mais profundos das relações interpessoais dos candidatos.  Essa técnica trabalha a comunicação e a interação do grupo, além de ser possível analisar outros aspectos como: dialogo, discriminação, desprezo, afinidade, pró atividade entre outros fatores por meio da dinâmicas.

 

Técnica de Relaxamento

O principal objetivo desse tipo de dinâmica tem como objetivo eliminar a tensão dos candidatos, eliminando ansiedade dos candidatos, deixando o ambiente mais descontraído. Essa técnica é indicada para grupos que já se conhecem, quando o clima do grupo está frio ou muito impessoal. Ou quando o grupo está sobrecarregado devido a outras atividades e precisam de um momento para espairecer e se libertar.

 

Técnica de Capacitação

Essa técnica permite observar a comunicação e a percepção entre os candidatos, amplia a capacidade de ouvir e escutar dos candidatos. Possibilitando o responsável pela a atividade de orientar melhor o grupo, buscando explorar as qualidades dos candidatos e direcionando ele para a sua área de maior destaque.

 

Algumas dicas de dinâmicas:

 

Dinâmica quebra Gelo

  • Divida o grupo em duplas.
  • Em seguida faça a dupla sentar-se no chão, de costas um para o outro, com os braços entrelaçados e pés para frente
  • Cada dupla deve levantar-se o mais rápido possível… Se puder, é claro.

Este contato de confiança é algo que constrói amizades e parcerias, nele é possível você perceber o quanto um candidato está disposto a colaborar com o outro para que os dois conquistem algo, além de ser excelente para grupos de todas as idades.

 

Dinâmica de apresentação

Para realizar essa dinâmica você precisa apenas de uma bola:

  • Posicione as pessoas do grupo em pé e em um círculo, de forma que elas consigam ver a todos os outros participantes;
  • Explique que quem estiver com a bola deverá fazer uma pergunta e jogar a bola para outro participante;
  • As perguntas podem abordar diversas questões. Exemplos: nome, profissão, com o que atua hoje, um ponto forte, um defeito etc;
  • Quem recebe a bola deve responder a pergunta feita e fazer outra pergunta na sequência, jogando a bola para outro integrante;
  • o mediador deve participar do círculo, também fazendo e respondendo perguntas.

 

Dinâmicas de integração – Apresentação em duplas 

Incentiva os candidatos a se conhecerem melhor por meio de um exercício em dupla.

  • Rg’s.

 

Execução da dinâmica apresentação em duplas

  • Todos os membros do grupo deverão colocar seus RG’s em um recipiente.
  • Cada participante deverá pegar um RG que não seja o seu.
  • Todos terão um tempo para estudar o RG que pegaram e, então, terão que se aproximar do dono do documento e apresentá-lo ao grupo a partir das informações a que teve acesso.

É muito divertida, pois podem acontecer situações divertidas como nomes diferentes, cidade em que nasceu, e até mesmo encontrar pessoas com características parecidas.

Quando aplicamos uma dinâmica em um processo seletivo, deixamos os candidatos mais tranquilos e a vontade com os demais presentes no ambiente, sendo assim a entrevista se torna mais descontraída e os candidatos mais verdadeiros e transparentes.

CONHEÇA AS NOVIDADES DO BLOG

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *